TRADUTOR

Seguidores

domingo, 20 de abril de 2008

EXU E POMBA-GIRA


Há milênios atrás não existia na África os Orixás naturais, mas sim divindades locais que atendiam às necessidades religiosas específicas de cada um dos povos e o mesmo ocorria no resto do mundo.


Quando iniciou o contato entre nações teve início à difusão das divindades, após um certo tempo mais ou menos cinco mil anos atrás, os povos da terra sentiam a necessidade de divindades mais abrangentes. Então nosso Pai Poderoso permitiu que no plano material fossem concretizadas Divindades de alcance planetário, que se adaptaram aos anseios religiosos de povos distintos entre si, mas comum na forma de cultuá-las, este foi o nascedouro das atuais religiões africanas.


Portanto daí surgiram os amados Orixás naturais ou Divindades naturais que para ajudar a evolução da humanidade o Pai Poderoso permitiu que se concretizassem na Terra.
Nas postagens anteriores já falamos de cada Orixá Natural, explicando suas atribuições e seus atributos, portanto nesta postagem vamos nos dedicar a falarmos um pouco sobre Exu e Pomba-Gira.


A divindade Exu apareceu a mais ou menos quatro mil anos atrás, no continente africano, os homens sentiam necessidade de uma divindade que os auxiliasse na potência masculina, na fertilidade humana, nos problemas de vida doméstica, e nas viagens a regiões distantes povoadas por outras tribos cujos feiticeiros aterrorizavam os indefesos estrangeiros.
Exu teve aceitação imediata e se propagou com tanta rapidez que suplantou as outras Divindades responsáveis por muitas das necessidades humanas.


A Divindade natural Exu deslocou milhões de seres naturais para a dimensão humana a fim de poderem sustentar os seres humanos que a ela recorriam. Exu apreciou a criatura humana e na dimensão dela quis ficar, havia muita afinidade entre os Exus naturais e os seres humanos. Não existia Exu das Matas, do Cemitério, das montanhas, etc..., o que havia era a Divindade Exu , de múltiplos aspectos pois atendia as mais variadas e imediatas necessidades humanas, nem o nome era Exu, o nome real de Exu é um nome cristalino vedado aos humanos.


Da mesma forma a Divindade Pomba-Gira, é uma divindade cósmica que irradia ou gera desejo, portanto Exu é vigor e Pomba-Gira é desejo, se completam e ambas as divindades regem uma dimensão natural, na Umbanda criam as condições ideais para que a Umbanda tenha seus recursos mágicos e cármicos atuando de forma horizontal ou inclinada dispensando a ativação direta dos Tronos Cósmicos ou dos aspectos negativos dos regentes das linhas da Umbanda.


Saibam que nem Pomba-Gira Natural nem Exu Natural seguem a mesma linha de direção evolutiva dos espíritos, pois eles seguem outra orientação, outro direcionamento. Estes seres naturais são muito belos, não possuem cores radiantes, não possuem áurea visível, são energeticamente densos e têm uma cor cinza que os destaca de todos os outros seres naturais.


As Pomba-Giras são geradoras de desejo, mas lembre-se que o desejo é um fator divino fundamental em nossa vida, pois nós o absorvemos pelos sete chacras principais e também pelos chacras secundários.


O desejo só existe porque Deus assim quis e ele não se manifesta só através do sexo, pois sentimos o desejo de aprender, de viajar, de conversar, de nos divertir, de evoluir, de comer determinado alimento ou de vestir determinada roupa, etc...


Exu e Pomba-Gira natural quando acompanham o médium raramente incorporam. Normalmente na Umbanda o mistério Pomba-Gira e Exu se manifesta através de espíritos incorporados através de suas hierarquias ativas.
Exu e Pomba-Gira seres naturais cósmicos são servos obedientes dos Orixás, os Senhores do Alto, que por sua vez são servos do Sagrado Senhor da Luz, da Lei e da Vida.


Tanto o mistério Exu como o mistério Pomba-Gira podem ser ativados por qualquer pessoa desde que dentro de um ritual correto, codificado pelo ritual de Umbanda Sagrada, mas não se esqueçam que são agentes cármicos que podem ser ativados pela Lei Maior.


Texto baseado no livro “Umbanda Sagrada” de Rubens Saraceni

Um comentário:

  1. A compreensão leva-nos a evolução. Parabéns.

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS FICAMOS FELIZ COM SEUS COMENTÁRIOS QUE NOS INCENTIVAM E ACARINHAM NOSSOS CORAÇÕES