TRADUTOR

Seguidores

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

HINO DA UMBANDA REFLEXÃO E HISTÓRIA

A Umbanda é paz e amor, diz o seu hino, como também que ela é a força que nos dá vida, mas esta força que nos dá vida não vem propriamente da Umbanda, ela vem de Deus, de seu infindo amor, vem da Luz Divina que invade todos os seres que a aceitam, que têm consciência de que força nenhuma teriam sem este AMOR. Invade e expande dentro do eu de cada irmão que se conecta com este amor através de seus atos, exemplificando não só dentro de sua seita religiosa, mas também na sua rotina do dia a dia, exemplificando através de atitudes, pois a palavra de nada serve é vazia se não a tornamos viva, e ela só vive através de nossos atos.

A Luz Divina invade a todos, mas só dá força àquele que a aceita, que se conecta diretamente com ela em seu dia a dia, e isto independe de seita religiosa, pois nada serve frequentarmos assiduamente uma seita se nos tornarmos radicais e orgulhosos a ponto de acharmos que só nossa seita é a correta, a ponto de acharmos que qualquer dom que tenhamos, nos torna especiais e poderosos. Ninguém tem poder, só Deus, nós como seus filhos temos dentro de nós esta força provinda dele, mas esta força só atuará se e somente se a ELE nos conectarmos através do amor.

Do Amor provem a caridade, a fraternidade, a compreensão, a humildade, sentimentos que fazem com que nos sintamos em paz conosco mesmo.

A paz interior é o que nos leva ao caminho da felicidade, de nos sentirmos completos, pois estamos conectados diretamente com o Senhor.

Irmão da Paz
psicografia Luconi

HISTÓRICO DO HINO

O Hino da Umbanda já possui 42 anos de idade.

Apuramos que ele foi composto (letra e música) na década de 60, por um cego, que em busca de sua cura foi procurar ajuda do Caboclo das Sete Encruzilhadas e não conseguindo sua cura por ser karmica fez o Hino de Umbanda para mostrar que poderia ver o mundo e nossa religião de outra maneira.

Embora não tenha conseguido sua “cura”, ficou apaixonado pela Umbanda.

As iniciais de seu nome: J.M.Alves, e segundo consta já desencarnou e infelizmente não constam registros sobre seu nome completo, somente as iniciais ficaram conhecidas.

J.M.Alves,  apresentou a música ao Caboclo das Sete Encruzilhadas (cujo médium era Zélio de Moraes) que gostou tanto que resolveu apresentá-lo como Hino da Umbanda.

Em 1961, no 2º Congresso de Umbanda, presidido pelo Sr. Henrique Landi, o hino foi oficialmente adotado em todo o Brasil, como o Hino Oficial da Umbanda.
FONTE DO HISTÓRICO DO HINO: POVO DE ARUANDA (clique)

HINO DA UMBANDA

Refletiu a luz divina
Com todo seu esplendor
É do reino de Oxalá
Onde há paz e amor.

Luz que refletiu na terra
Luz que refletiu no mar
Luz que veio, de Aruanda
Para todos iluminar.

A Umbanda é paz e amor
É um mundo cheio de luz
É a força que nos dá vida
e a grandeza nos conduz.

Avante filhos de fé,
Como a nossa lei não há,
Levando ao mundo inteiro
A Bandeira de Oxalá!

3 comentários:

  1. LINDO HINO,QUE A PAZ DE CRISTO REINE SOBRE TODOS NA TERRA E EM OUTRAS MORADAS .BJS

    ResponderExcluir
  2. Tão profundo e lindo este Hino Luconi. Obrigada por o partilhar connosco.
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderExcluir
  3. Muita paz no seu coração, minha linda!!!!
    Beijos meus!

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS FICAMOS FELIZ COM SEUS COMENTÁRIOS QUE NOS INCENTIVAM E ACARINHAM NOSSOS CORAÇÕES