TRADUTOR

Seguidores

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

PRESENTE DE AMOR, BONDADE DE DEUS







Estava eu muito triste, sentindo muito a falta dos irmãos que frequentavam meu antigo templo, que com minha mudança de cidade e também a mudança de meu irmão que o comandava, acabou fechando.


Médium há trinta e sete anos, vivendo para a religião, agora sem ter um templo para  me sentia muito só, e uma sensação que ainda devia procurar um templo.


Já fazia dez anos que longe de São Paulo estava, nunca mais havia tido notícias de alguns irmãos muito queridos, e a saudades apertava meu peito, então eu tive um sonho com meu querido Pai, falecido já há trinta e dois anos.



Encontramos-nos e muito conversamos não me lembro de quase nada, a não ser que ele deixava claro que lá ele seguia um trabalho, ele não era meu pai, mas um trabalhador da grande seara. Vi o trabalho que faz mas não tenho permissão para revelar, principalmente porque ele usa outro nome neste trabalho.



No entanto no final do sonho quando nos despedíamos, eu contava a ele que não tinha encontrado um templo para trabalhar e não tinha condições financeiras para abrir um.



Ele sorriu e me disse: Ah! Filha tenho te encontrado em tantos templos de umbanda.



Eu o olhei sem entender, mas antes que pudesse perguntar acordei.



Na hora não entendi o que ele dizia, depois de dois ou três meses, estou acordando e vejo (regularmente não sou vidente) um cavalo branco com um soldado romano em cima, que simplesmente pulava a cama e desaparecia.



Fiquei ali deitada querendo rever, e então fiz uma prece de agradecimento a Deus, um soldado de luz, um guerreiro de Ogum me visitara, eu estava extasiada.



Levantei-me e estava terminando de me trocar, quando escuto gritos de meu filho que vem chegando de São Paulo.



-Mãe, mãe olha quem veio te ver.


Corro ansiosa, lembrando-me da visão.


Lá parado a minha porta, estavam meu sobrinho, filho de Umbanda muito querido, com sua esposa não menos querida, ele simplesmente emocionado olhou pra mim e disse:



-Minha tia, me coroei, preparei-me para o sacerdócio de nossa religião, e esta espada é de meu Pai Ogum, eu a consagrei a ele, em minha coroação, hoje eu vim pra te ofertá-la.


Não imaginam, não podem imaginar a alegria que explodiu no meu peito, chorei, chorei muito e ainda hoje choro de emoção ao lembrar-me.



Para maior alegria minha, fiquei sabendo que outros filhos queridos o seguia, fui para o meu quarto ajoelhei-me e agradeci a Deus, a Nosso Sr. Jesus Cristo e a Oxalá, algumas sementes brotaram, tenho certeza que eles são espíritos repletos de amor e que a fé e o esforço próprio de cada um é que fizeram-nos levantar a Bandeira do Amor.


Sei que os méritos são exclusivamente deles, pois eu os abandonei há dez anos, mas mesmo assim entendo o que meu pai disse no sonho, tenho te encontrado em muitos templos de Umbanda.



É por estas flores que se colhem pelo caminho que renovo minhas forças e digo, não não posso parar, e mesmo sem ter um templo para ir, estou aqui neste blog, tentando passar a vocês o quanto é importante fazermos uma Umbanda com fé, amor e caridade.



Procurarmos ensinar que a Umbanda é Cristã sim, pois é exatamente NOSSO SENHOR JESUS CRISTO NOSSO REGENTE PLANETÁRIO, e nada acontece sem a sua autorização.



Avante, com muita fé e amor.



Luconi.

2 comentários:

  1. Que as bençãos de Oxalá nosso Pai estejam presentes na tua vida.
    Saravá

    ResponderExcluir
  2. Esta sim ,pode se chamar agora de LUCONI ,
    pois é uma LUZ que sempre sai de dentro de um cone
    e vai clarear os caminhos dos perdidos na escuridão
    A Umbanda precisa e muito
    de irmãos que a ela se juntam
    para dar sequencia no trabalho
    Pois não importa a religião
    desde que saia AMOR do coração
    ficamos religados para sempre.
    E não é preciso um templo localizado
    para dar e ficar extasiado
    pela beleza das trocas benditas.
    Teu Pai está certo minha amiga
    voce a noite desdobra e segue na lida
    do trabalho que se propôs a fazer.
    Hoje teu Pai na espiritualidade é MESTRE
    e ajuda sempre a quem investe
    no caminho da evolução.
    Pois é um espirito guerreiro
    e Ogum ou São jorge é ligeiro
    para dar o socorro ao filho protegido
    Pois sobre as ordens de amor a Oxalá
    voce nunca sozinha está
    Pois Luconi não se deixa abater
    E quando pensam que sumiu
    ela volta pronta pra mais um desafio
    pois é guerreira valente
    Não se entrega em briga pequena
    e muito menos abaixa sua antena
    só porque alguem não a entendeu.
    Parabens amiga, pela luta seguida
    e se precisar de mim estou junto a voce nesta subida
    Para ver sua vitória no final.
    Beijos doces no seu coração ,estendido aos que te rodeiam neste quarteirão.
    De muita paz e alegrias

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS FICAMOS FELIZ COM SEUS COMENTÁRIOS QUE NOS INCENTIVAM E ACARINHAM NOSSOS CORAÇÕES