TRADUTOR

Seguidores

domingo, 1 de junho de 2014

SEPARAÇÕES SÓ ENTRE OS ENCARNADOS EXISTE


O orgulho e a radicalidade daqueles que recebiam os ensinamentos de Kardec, acabou obrigando a espiritualidade com ordem de nosso governador planetário, Nosso Senhor Jesus Cristo, a abrir nova frente de trabalho, através de épocas remotas do médium Zélio de Morais.

Já na espiritualidade desde sempre existiram os espíritos que trabalhavam diretamente na luta contra os seres das Trevas, defendendo suas vítimas, resgatando, cada um em sua época certa os infelizes trevosos, atuando colocando-os em zona de expurgação (esgotamento) dos sentimentos negativos, para só então os levarem para os irmãos que vocês chamam de linha branca que seriam os socorristas prontos a enviarem tais irmãos a locais de tratamento espiritual, doutrinação e posteriormente encaminhá-los para trabalho redentor ou se fosse o caso reencarnação.

 Sabedores que a incorporação destes infelizes irmãos traria um grande benefício a eles, pois através do ectoplasma do médium seus corpos espirituais deformados rapidamente se reconstituiriam.

 Tentamos levá-los às mesas brancas existentes, os encarnados encolhiam-se temerosos e tais espíritos percebendo a energia negativa do medo achavam-se poderosos e quando incorporados em algum médium acabavam por expandir-se em demasia, desequilibrando totalmente o ambiente energético do local, para prejuízo dos médiuns, da assistência em busca de caridade, tanto a encarnada como a desencarnada.


Então, o Mestre determinou que se abrisse nova frente, utilizando encarnados que em eras passadas haviam sido magos de luz ou magos negros ou então trevosos que aprenderam a manusear as diversas energias negativas existentes, mas que haviam reencarnado para reparação do carma adquirido.
Oportunidade única para todos, que se bem aproveitada, seguindo as Leis do Amor e da Vida, estes médiuns resgatariam grande parte de seus débitos.


Se os irmãos kardecistas, cujas reuniões eram frequentadas na época pelos privilegiados da sociedade, houvessem recebido Zélio com Amor e aberto os ouvidos, o seu mentor, que deu o nome de Caboclo das Sete Encruzilhadas, teria exposto toda a necessidade.

Mas fecharam as portas o tratando com preconceito, só se interessando quando um vidente viu por debaixo da forma indígena, vestígios da batina de um padre e percebeu que ali estava um espírito de muita luz.


Estava provado que ainda não eram totalmente cristãos, apegavam-se à forma, à aparência, à forma de falar.

Obrigando ao mentor de Zélio a optar pela segunda opção que a espiritualidade lhe dera, dar inicio a um segmento a parte.

 Infelizmente hoje em dia oitenta por cento está entregue aos magos negros encarnados que não cumpriram o prometido e deixam de lado o AMOR, A CARIDADE E A HUMILDADE.
Mas vinte por cento se mantem a duras penas nesta missão e a duras penas se mantem para seguirem o que o querido Zélio determinou.


Espíritas serão vocês iguais aos outros cristãos que se digladiam sem irem a fundo e procurarem a verdade?


Pela falta dos irmãos do passado que deveriam ter acolhido Zélio e constituído o trabalho a ser feito de forma que os médiuns que assim atuassem recebessem o respaldo da instrução, passada aos primeiros médiuns por Kardec, por esta falta proliferou-se a maldade com mais facilidade, pois por mais puro que fosse o coração deste novos trabalhadores, que foram convocados e pertenciam a classe menos favorecida da época, muitas vezes não conseguiam distinguir o impostor  do verdadeiro, isto não só entre os  espíritos, mas entre os próprios encarnados que viam a possibilidade de ganho fácil.


Pensem, reflitam, deixe o amor cristão levantar-lhes a venda dos olhos, o tempo urge, e a todo cristão seja de qual doutrina religiosa for, cabe a missão de levar para Cristo o maior número possível de irmãos, encarnados e desencarnados, não importa, todos podem e devem pertencer ao rebanho, não fechem as portas para ninguém, os mentores sempre proporcionarão a palavra certa na hora certa a todos e suas consciências estarão em paz, sabedores que deram o melhor de si.


Que a paz do Senhor Jesus esteja com vocês,


Ditado por um espírito que atua nas duas linhas,
como muitos mentores ,
João de Albuquerque

psicografado por Luconi

em  02-05-2014

2 comentários:

  1. Devemos começar por ter humildade. Sempre haverá o que aprender.
    Paz para você também, amiga!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. é... tudo se descarrilha quando falta o amor, mas no universo há que se retornar e começar tudo de novo... bjamada

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS FICAMOS FELIZ COM SEUS COMENTÁRIOS QUE NOS INCENTIVAM E ACARINHAM NOSSOS CORAÇÕES