TRADUTOR

Seguidores

domingo, 2 de setembro de 2012

RESPEITO AO REINO VEGETAL




O canto do Uirapuru, um novo dia anuncia, a mata cria vida, com os primeiros raios de sol.
Ali existe um universo incalculável de vidas, o único que de tudo destoa é o homem branco,
que com seu egoísmo só em si pensa, saí pisoteando, matando, sujando, poluindo, destruindo todo um reino vegetal.

Nem por um momento pensa, que este reino foi criado pelo Criador, o mesmo que o criou,
Ele é nosso Pai, da mesma forma que é Pai do homem branco.
Ele nos ama da mesma forma, desde o Homem até o ser mais minúsculo.
Ama a terra, ama as águas, ama os vegetais e muito se entristece ao ver o Homem branco,
passar por cima de tudo, não entendendo que para sobrevivência do planeta, precisam e  muito deste Reino Vegetal.

Venho deixar o meu protesto a tantos filhos que se dizem Umbandistas e penetram em nosso Reino, como se fossem donos dele.
Ah! Sim, pedem licença, saúdam, mas depois agem sem o menor respeito, poluem as águas dos rios com seus lixos, sujam a mata sem a menor consciência, e tudo isto por que resolveram nos saudar, agradar-nos com oferendas.

Têm certeza que fazem da forma certa?
Muitas vezes até sangue de inocente derramam, as vítimas são os indefesos animais.
Lamentável, triste, copiosas lágrimas correm de nossos olhos.

Querem nos saudar? Querem pedir força? Querem descarregar energias negativas?

Basta, simplesmente, adentrarem em nosso reino com respeito, já no caminho compenetrados na ação que vão fazer, chegando acomodem-se em círculo no meio da mata, elevem o pensamento, façam suas preces, seus pedidos, e por fim agradeçam ao Pai.
Cantem, pois muito nos agrada, e depois com respeito, banhem-se no rio, na cachoeira, lavem com as águas a cabeça, mas sempre com concentração e respeito.

A energia positiva de vocês irá nos ajudar a limpá-los, diluindo suas energias negativas, e passando para vocês energias positivas conforme a necessidade de cada um.

Fazem questão de entregar alguma coisa material? Não acreditam só em energia? Então deponham nas matas apenas flores, só flores, que não sujaram nada, pois quando apodrecerem alimentarão o solo.
Simples assim, por que tudo é simples, sem segredos, o homem branco é que muito complica.
Não se esqueçam a Umbanda antes de tudo é o culto natural às energias da natureza, pensem nisso.


Ditado por Caboclo Sete Luas
Psicografado por Luconi
Em 02-09-2012

2 comentários:

  1. Concordo totalmente, amiga! E, pela primeira vez, vejo alguém comentar sobre isso. Parabéns!
    Beijos meus!

    ResponderExcluir
  2. Gostei da ideia de ofertar flores, cada flor, cada cor poderia corresponder a um orixá específico.

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS FICAMOS FELIZ COM SEUS COMENTÁRIOS QUE NOS INCENTIVAM E ACARINHAM NOSSOS CORAÇÕES