TRADUTOR

Seguidores

sábado, 14 de janeiro de 2012

BICHO HOMEM MARRENTO



Quem foi que inventou,
esta coisa de amar sem ser amado,
certamente foi o bicho homem,
que só sabe amar aprisionando.

Pobre homem perdido,
perdido porque tudo perde,
principalmente  a sua paz,
que a felicidade lhe traria.

Ele pensa que ama,
mas na verdade não ama não,
esquece que amar,
é fazer feliz quem se ama.

É dar ao ser amado,
a liberdade de escolha,
é torcer pela sua felicidade,
nem que não seja do seu lado.

Quem realmente souber amar,
muito feliz será,
completo se sentirá,
em cada sorriso colhido.

Ah! este bicho homem,
quanto trabalho tem dado,
bate o pé igual criança marrenta,
depois ainda se lamenta.

Vou procurar um lugar,
onde o bicho homem não chegou,
vou viver na natureza,
onde serei feliz com certeza.

ditado pela Roseli da linha de Cosme Damião e Doum
psicografado por Luconi
em 12-01-2012

4 comentários:

  1. Verdades amiga, estes marrentos se perdem e não entendem a luz que vem do amor.É preciso deixar o coração livre para amar sem aprisionar.Ai esta a chave de uma vida mais leve e feliz.Meu abraço.Bju.Uma bela semana para todos nós com paz.

    ResponderExcluir
  2. Olá minha irmã em Oxalá!

    Venho cá lhe deixar um abraço carinhoso.

    - Ah, quando soubermos amar sem birras, nem lamentos...!
    Haveremos de aprender.

    Um beijão.

    ResponderExcluir
  3. Como diz um amigo nosso, "verdade verdadeira"!
    Quem complica a vida é o... ser humano!!!!
    Beijocas, minha amiga linda!

    ResponderExcluir
  4. Saudações minha irmã! É como disse certo amigo marujo: "Estão todos em seu devido lugar, quem acha que não esta, é quem mais sofre." Por certo minha irmã, há aqueles que mesmo sendo amados, pensam sempre que o melhor amor é o amor desejado. O amor que nunca é alcançado. Linda mensagem!

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS FICAMOS FELIZ COM SEUS COMENTÁRIOS QUE NOS INCENTIVAM E ACARINHAM NOSSOS CORAÇÕES