TRADUTOR

Seguidores

terça-feira, 27 de setembro de 2011

VIVA COSME DAMIÃO E DOUM



Ora, ora, ora, é dia de alegria,
tem bolo, tem guaraná,
tem água açucarada,
para adoçar a boquinha,
desta criançada.

É dia de Cosme e de Damião,
mas por favor não se esqueçam,
de nosso bom Doum,
vamos, vamos ver,
que podemos fazer.

Enquanto brincamos,
a todos distraímos,
mas muito trabalhamos,
energia pura somos,
seu coração escutamos.

Não precisa pedir,
não queremos ouvir,
a cor de sua energia,
nos diz o que precisa,
ninguém nos engana.

Logo percebemos,
se os caminhos trancados,
são justos ou injustos,
conforme seus pensamentos,
conforme os seus atos.

Sorriso nos lábios,
é fácil de se ter,
difícil é camuflar,
energia boa na alma,
pureza de sentimento quando não se tem.

Com todos nós brincamos,
a todos ajudamos,
mas às vezes nossa ajuda,
não é bem a que você quer,
é a que você precisa.

Precisa para evoluir,
para também aprender,
o valor do puro amor,
que com ele traz a paz
e também felicidade.

Vamos, vamos uma roda formar,
e todos a cirandar,
o amor vibrar,
para os tios aprenderem,
realmente amar.

Ditado por Roseli e Ditinho
psicografado por Luconi
27-09-2011

12 comentários:

  1. Pois bem Luconi, aqui na Bahia o mes todo reverencia os Gemeos, com o tradicional "Caruru" de Cosme e Damião e hoje numa grande festa é servido ao povo a iguaria lá no centro historico.
    Lindo na Bahia a o sincretismo tolerante.
    Que nos proteja os Meninos.
    Um abração amiga.
    Bju.

    ResponderExcluir
  2. Quando eu era criança, as coisas não iam muito bem em minha casa, lembro as vezes e dá até vontade de chorar, não de tristeza, mas sim de gratidão. Meu Deus, eu comia doces pelo ano inteiro nas festas de Cosme e Damião.

    ResponderExcluir
  3. Oi Luconi, lendo aqui me lembrei da época em que trabalhei na Umbanda, que alegria era o dia em que tínhamos as crianças por lá, elas chavamam o refrigerante de água de bolinha rsss
    Quanta energia positiva os frequentadores recebiam, no meio das brincadeiras e doces, vibrava o amor, a cura e a alegria.
    Lindo poema, beijos á ti e salve Cosme, Damião e Doum neste mês de outubro!

    ResponderExcluir
  4. Que fofura de poema você psicografou Luconi... sinto estas sublimes palavras como um encanto lindo...que mensagem perfeita...deve ser uma festa de uma energia maravilhosa...
    Boa semana amiga...beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  5. Saudações irmã. Coincidência ou não! Conheci Roseh em um dia de Cosme e Damião, ela estava correndo atrás de quem desse doce e tinha nas mãos pipoca Emília, me ofereceu e dai... Pois bem, neste mês em nosso grupo fizemos nossa confraternização, fazendo preces para as crianças do mundo, conforme nos pediu o Joãozinho e depois bolo com recheio de doce de banana. Infelizmente nas escolas o "reloim" tem mais entusiastas (professoras inclusive) que nosso bem brasileiro Cosme e Damião e Daum. O preconceito fala mais alto, imitar os gringos é mais status. Lamento! Minha filhas Beatriz e Analuz acenderam suas velas rosas e deram doces as crianças do céu!

    ResponderExcluir
  6. Linda homenagem aos dois amigos das crianças. Sempre nessa época lembro que no Rio tínhamos vizinha de casa que distribuía balas e os saquinhos doces. Eu adorava. bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  7. Que beleza, Luconi! Meu abraço à Roseli e ao Ditinho, sem deixar os vivas a Cosme e Damião. Obrigado por tantas mensagens bonitas.

    ResponderExcluir
  8. Lindo poema!!!
    Quando eu era criança e minha mãe encarnada, todo ano ela fazia muitas guloseimas no dia de "Cosme e "Damião", e quase toda a vizinhança também, me lambuzava com tantos.doces. Era bom demais,
    Beijokas,Rê!!!
    RE&ARTEIRICES

    ResponderExcluir
  9. Quando eu morava no Rio de Janeiro, gostava de ver a criançada na rua, de sacolas à mão, em busca de quem distribuía doces. Tenho alguns amigos que saem distribuindo, nesse dia 27 de setembro. Aqui, em Fortaleza, não vejo esse costume e, ao contrário, festejam o "Dia do Ancião"...
    Gostei muito da postagem! Meu fraterno abraço, Luconi!

    ResponderExcluir
  10. Olá, queria Luconi
    Já dei doces mas no dia das crianças quando era professora na ativa... gostava muito e fazia uma festa bem animada...
    Bjm florido

    ResponderExcluir
  11. Há alguns anos fui ao terreiro de Mãe Venina, aqui em São Luís, e em certo momento alguns dos filhos de santo começaram a se comportar como crianças, brincando, correndo. Achei muito bonito, disseram-me que eram os erês e que deveríamos brincar com eles dando-lhes pipoca, sorrindo... Penso que é o mesmo caso de Cosme e Damião; quanto ao Doum não tenho conhecimentos. Achei lindo o texto, lúdico e leve, como convém aos homenageados.

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS FICAMOS FELIZ COM SEUS COMENTÁRIOS QUE NOS INCENTIVAM E ACARINHAM NOSSOS CORAÇÕES