TRADUTOR

Seguidores

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

MENSAGEM DE PAI TOMÉ DE ARUANDA




Estou pedindo licença, há tantos que estão por aqui, para saudar a vocês na paz de Nosso Senhor.
Roda, roda, roda gira e eu vou assim na roda, tentando acertar o passo e não cair do balanço.
Tem sido bem difícil, assistir a tantos filhos, fechados em seus orgulhos, enxergando só o seu lado, esquecendo-se do outro, tornando-se tão egoísta, atraindo para si muitos sofrimentos.
Pensam que nós seus guias não temos emocional? Apegamo-nos a vocês como filhos mesmos, como irmãos de luta, como companheiros de jornada, nós deste lado e vocês deste outro, e como é difícil ver o sofrimento de um filho, principalmente quando este sofrimento foi causado por sua própria ignorância nesta vida mesmo.

Nosso coração se oprime, sangra, as lágrimas teimam em cair, e então procuramos as águas de Oxum ou Iemanjá para nos reequilibrar, nada podemos fazer, a não ser orar, intuir a forma certa de agir, tentar afastar os inimigos espirituais do filho acordados pela energia negativa que este mesmo filho emitiu, ainda quando o filho não se afasta da missão, conseguimos através da incorporação diluir as energias negativas, dar-lhe energias novas.

Mas é o que conseguimos, porque o médium é um espírito normal encarnado, e a lei que não passará um ponto do i ou um pingo do jota é verdadeira e vale para todos, principalmente para os médiuns que têm um maior conhecimento das leis Cristãs e das leis do Amor.

Mas quer ver o punhal ser fincado em nosso peito é quando um filho nosso passa a nos culpar, achando que por sermos seus guias deveríamos tê-lo poupado do sofrimento, ou então diz que não tivemos forças para afastar as coisas ruins e somos culpados por sua queda.
 Nossa meus filhos como é triste, balançamos a cabeça, as lágrimas rolam, mas sabemos que eles não falam de coração, sabemos que é a ignorância que os leva a nos culpar, também sabemos que eles nos culpam porque são orgulhosos demais para admitir que eles erraram, que pena, a queda será grande, teremos que levantá-lo, de ajuda-lo, para que não se perca totalmente.

Neste ponto não mais importa a missão, que se volte até para outra pratica religiosa, não importa, o que importa é que seu coração se abra para o verdadeiro amor, que traz consigo a humildade e também a bondade. Nós? A nós vamos trabalhar do mesmo jeito, se ele frequentar qualquer igreja voltada para o bem nós estaremos lá, para auxiliar os fiéis desta igreja e sem ele saber usaremos de seus dons mediúnicos para socorrer, nós não podemos parar, e a missão que teriam dentro de um centro ficará para a próxima encarnação, pois como não cumpriram o que foi tratado e combinado com os espíritos que cuidam da reencarnação, terão que voltar, e certamente nós estaremos com eles.

Bem meus filhos, como eu disse é só uma passadinha, uma pequena mensagem, para que reflitam e muito em suas vidas, em suas formas de agir, ninguém é fiel e caridoso dentro de uma taba de umbanda verdadeiramente se fora dela age de forma completamente diversa.
Amor, Humildade e Caridade, se exemplificam no dia a dia, minuto a minuto, e é neste dia a dia que atraímos para nós boas ou más influências, uma palavra errada, um gesto impensado poderá trazer sérios problemas, fechando e muito os caminhos, por isto o Cristo disse ORAI E VIGIAI.

Fiquem na paz de Oxalá, com as bênçãos dos Orixás.

Ditado por Pai Tomé de Aruanda
psicografado por Luconi
em 18-09-2011 

2 comentários:

  1. Luconi!!!
    Agradeço imensamente teus recadinhos tão carinhosos e cheios de atenção!
    Também te gosto muuuuuito, viu?
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  2. Oi minha querida, estou voltando depois de uns dias afastada, para ler esta doçura de mensagem...é... talvez você estranhe eu dizer doçura... é que como eu concordo com tudo o que o Pai Tomé falou, acho tudo bom, acertado e doce, não sinto como um "puxão na minha orelha", mas bem sei que alguns vão sentir desta forma, ao lerem estas palavras.
    Sei que o que ele está falando é sim, um alerta a entendermos que os guias estão sempre por perto, dando seu amor, nos guiando, nos intuindo, mas que temos que nos livrar do orgulho e trabalhar pelo nosso evoluir, seguindo e fazendo nossa parte para que realizemos a contento a nossa missão.
    Adoro esse jeitinho que ele vem chegando e até se despedindo.
    Adorei ler...grata por compartilhar...beijos e uma feliz semana...
    Valéria

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS FICAMOS FELIZ COM SEUS COMENTÁRIOS QUE NOS INCENTIVAM E ACARINHAM NOSSOS CORAÇÕES