TRADUTOR

Seguidores

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

ALGUNS CONCEITOS DA UMBANDA




A Umbanda tem na mediunidade de incorporação a sua maior fonte de adeptos,devido ao fato que a maioria das religiões condena o médium ou o julga uma pessoa desequilibrada ou possessa.


A Umbanda tem que preparar muito bem os seus sacerdotes para que eles acolham em seus templos todas as pessoas possuidoras de faculdades mediúnicas, auxiliando-as em seu desenvolvimento, preparando-as para serem futuros sacerdotes.


A Umbanda não alimenta em seu seio nenhum preconceito com as outras religiões, considerando que todas são legitimas representantes de Deus e as vê como ótimas vias evolutivas criadas por Ele.


A Umbanda não adota práticas agressivas de conversão religiosa, preferindo somente auxiliar quem adentrar em seus templos, o tempo e o auxílio desinteressado têm sido os maiores atrativos dos fiéis umbandistas.


A Umbanda não recorre aos sacrifícios de animais e não tem nesta prática legítima e tradicional do Candomblé, um de seus recursos ofertatórios às divindades, pois recorre às oferendas de flores, frutos, alimentos e velas quando as reverencia.


A Umbanda prega a existência de um Deus único e tem nessa sua crença o seu maior fundamento religioso, ao qual não dispensa em nenhum momento nos seus cultos religiosos e, mesmo que reverencie as divindades, os espíritos da natureza e os espíritos ascencionados (os guias-chefes), não os dissocia D"Ele, o nosso Pai Maior e nosso Divino Criador.



Texto extraído do livro " Doutrina e Teologia de Umbanda Sagrada "
de Rubens Saraceni

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJAM BEM VINDOS FICAMOS FELIZ COM SEUS COMENTÁRIOS QUE NOS INCENTIVAM E ACARINHAM NOSSOS CORAÇÕES